Cicloturismo e o Pantanal

O cicloturismo tem ganhado adeptos e popularidade no Brasil, atualmente, o Brasil conta com diversas rotas e circuitos famosos para a prática do cicloturismo, como a Rota Márcia Prado, a Estrada Real, o Caminho da Fé e o Vale Europeu, entre outros. O cicloturismo é uma forma saudável, sustentável e econômica de explorar as belezas naturais e culturais do país, proporcionando uma experiência única e enriquecedora para os praticantes.

O surgimento de grupos e associações de ciclistas que promovem passeios, eventos e viagens de bicicleta. Além disso, o crescente interesse pela prática de atividades ao ar livre e o aumento da conscientização ambiental também contribuíram para o desenvolvimento do cicloturismo no país.  É uma experiência enriquecedora que nos permite escapar da rotina do dia a dia, nos desafiar a superar limites nos reconectando com nós mesmos, pedalar é uma forma de praticar exercício físico que traz inúmeros benefícios para a saúde, tanto física quanto mental.

O pantanal é o bioma mais preservado do mundo que por consequência proporciona um ambiente único, de fauna e flora com paisagens que só é possível na região pantaneira.     

O despertar para a exploração como forma de conhecer para amar e preservar, mostra que o presente pode evoluir para um futuro mais sustentável e saudável para o nosso bioma, explorar novos lugares, conhecer novas culturas e fazer novas amizades. O cicloturismo valoriza o respeito ao meio ambiente, a simplicidade, a autonomia e a conexão com a natureza.

Por isso, espero que mais e mais pessoas se sintam inspiradas a pegar sua bicicleta e sair em busca de novas aventuras, descobrindo as belezas dos Caminhos do Pantanal, Caminhos do Morro da Comunidade Morrinho e tantos outros caminhos da região pantaneira. Vamos fazer do cicloturismo na região uma história de sucesso, que inspire e motive outras pessoas a adotarem um estilo de vida saudável.

Da Redação LevergerOnLine \ Mírian Ferraz

1 comentário em “Cicloturismo e o Pantanal”

  1. Tai uma grande idéia que além de desenvolver o turismo também estimula a proteção a natureza, tomara que tenha o apoio e acolhida dos orgãos governamentais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − onze =